jogo do flamengo ao vivo

Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Clima: previsão do tempo hoje, tipos, fatores, fenômenos

O clima é determinado por meio da análise constante das condições de tempo atmosférico em uma determinada região por longos períodos de tempo.
Diferentes estágios do tempo em referência ao conceito de clima.
O clima é definido como as características da atmosfera em um longo período de tempo.
Imprimir
Texto:
A+
A-
PUBLICIDADE

Clima é o conjunto de características e dinâmicas atmosféricas de uma determinada região, analisadas ao longo de um extenso período de tempo. Cada clima presente no nosso planeta é caracterizado por elementos como temperatura, umidade do ar, radiação solar, precipitação e ventos. Esses elementos climáticos recebem a influência dos chamados fatores do clima, como maritimidade e continentalidade, latitude, altitude, relevo e vegetação.

Leia também: Mudanças climáticas — por que devemos nos preocupar com elas?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o clima

  • O clima é a síntese das condições atmosféricas observadas durante um longo intervalo de tempo em uma determinada localidade. Esse período é geralmente de 30 anos.
  • Os climas do mundo são classificados em tropical, árido, temperado, continental e polar de acordo com a classificação de Köepper.

  • O tempo, diferentemente do clima, é o estado atual da atmosfera e dos fenômenos atmosféricos em uma determinada localidade. Ele é analisado em um momento específico ou em um período muito curto de tempo, sendo muito instável.
  • Existem seis climas no Brasil: equatorial, tropical, semiárido, tropical atlântico, tropical de altitude e subtropical.

  • Os elementos climáticos são as grandezas atmosféricas que caracterizam um clima, como temperatura, umidade do ar, radiação solar e precipitação.
  • Os fatores climáticos atuam sobre os elementos do clima, podendo afetar a maneira como eles se comportam.
  • Latitude, altitude, maritimidade, continentalidade, relevo e vegetação são exemplos de fatores do clima.
  • Os fenômenos climáticos como ciclones, tornados, El Niño e La Niña acontecem naturalmente e são resultantes das dinâmicas da atmosfera. No caso das ilhas de calor, a ação antrópica interfere na sua ocorrência.

O que é clima?

Clima é uma síntese das condições de tempo em um determinado local durante um período longo de tempo, segundo a definição do professor Johnson Olaniyi Ayoade.|1|

A determinação de um tipo climático específico depende da observação diária do comportamento da atmosfera em um intervalo de aproximadamente 30 anos, permitindo assim a identificação de determinados padrões que definem o clima daquela área. Tais padrões correspondem à variação da temperatura, umidade do ar, incidência de chuvas e de ventos, precipitação na forma de neve e outros aspectos característicos do clima.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Tipos de clima

Os climas podem ser classificados de acordo com diversos parâmetros, os quais levam em consideração um ou mais elementos climáticos.

A tipologia mais utilizada atualmente é aquela desenvolvida pelo botânico e climatólogo alemão Wladimir Köppen durante o século XIX e aperfeiçoado no século XX com a colaboração do meteorologista alemão Rudolf Geiger. Por isso, a classificação é chamada de Köppen-Geiger.

Como botânico, Köppen se baseou na distribuição da vegetação pelas diferentes regiões do mundo para a observação dos padrões de precipitação e temperatura, que levaram ao estabelecimento de cinco tipos de clima e seus respectivos subclimas, os quais listamos abaixo.

  • Clima tropical: categoria de climas quentes e úmidos (sem estação seca) ou semiúmidos (apresenta uma estação seca), como os climas equatorial, tropical e de monção.

  • Clima árido: reúne climas quentes e secos, que apresentam baixos índices pluviométricos e longos períodos sem chuva. Fazem parte dessa categoria os climas semiárido e desértico.

  • Clima temperado: apresenta temperaturas amenas e pluviosidade bem distribuída durante o ano, com a distinção entre as quatro estações. Em alguns casos, há alternância entre estações secas e estações chuvosas. Integram essa categoria os climas subtropical, mediterrâneo e temperado.

  • Clima continental: caracterizado pelas temperaturas amenas e invernos rigorosos, com baixa precipitação anual. Acontece no interior dos continentes, com pouca influência da maritimidade. Essa categoria inclui os climas temperado continental e subártico.

  • Clima polar: as temperaturas são baixas durante todo o ano, inclusive nos meses que correspondem ao verão, havendo a ocorrência de precipitação na forma de neve. Corresponde aos climas polar e frio de montanha.

Leia também: Zonas térmicas da Terra — a distribuição de calor pela superfície do planeta

Quais as diferenças entre clima e tempo?

O tempo e o clima são frequentemente confundidos, e os termos são muito utilizados como sinônimos. Embora haja uma correlação entre o tempo e o clima, eles representam conceitos distintos, que se diferenciam sobretudo na sua abrangência temporal.

Paisagem natural com flores e céu tempestuoso
O tempo é a condição atmosférica de um local no momento da observação, sendo por isso muito dinâmico e instável.

Tempo é a condição da atmosfera e seus respectivos fenômenos em um determinado momento, isto é, corresponde à situação atual e tem uma duração curta. O tempo é, portanto, dinâmico e instável, podendo alterar rapidamente. Quando olhamos pela janela e dizemos que o dia está quente e ensolarado, por exemplo, estamos nos referindo ao tempo.

Já o clima, como vimos, reúne as informações sobre as características atmosféricas de um local em um longo intervalo temporal. Podemos constatar, então, que o clima é resultante de uma análise cuidadosa e periódica do tempo atmosférico em uma determinada localidade. Esse período é de pelo menos 30 anos. Por essa razão, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) define o clima como sendo o estado médio dos parâmetros do tempo.|2|

Climas do Brasil

O Brasil está localizado quase inteiramente na zona intertropical do planeta Terra, com uma pequena parcela do território inserida na zona temperada sul, o que tem grande influência sobre a distribuição de climas no país. Além desse aspecto locacional, outros são igualmente importantes na diversidade climática observada no Brasil.

Identificam-se seis climas no Brasil, os quais descrevemos na sequência. No mapa da figura a seguir, é possível observar a abrangência de cada um deles.

Mapa com os tipos de clima do Brasil

  • Clima equatorial: presente na região Norte do Brasil. É caracterizado pelas temperaturas elevadas durante o ano, com médias superiores a 25 °C, e alta umidade relativa do ar. A amplitude térmica diária e anual é baixa. As chuvas são abundantes e bem distribuídas durante o ano, não havendo a existência de uma estação seca.

  • Clima semiárido: presente em parte da região Nordeste do Brasil. Chamado também de clima tropical semiárido, é marcado pelas temperaturas elevadas durante o ano e baixa umidade do ar, com uma estação seca que pode se estender por vários meses.

  • Clima tropical atlântico: presente no litoral leste do Brasil. A maritimidade é um dos principais fatores climáticos atuantes nesse clima, que é caracterizado pelas temperaturas médias elevadas e alta umidade do ar, proporcionando chuvas constantes. No entanto, os maiores volumes de chuva se concentram em estações específicas: inverno, no Nordeste, e verão, no Sudeste.

  • Clima tropical: presente no Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste do Brasil, além de parte da região Norte. É caracterizado pela presença de duas estações bem definidas: uma quente e chuvosa e outra mais amena (ou fria) e seca.

  • Clima tropical de altitude: presente no Sudeste, parte do Sul e em uma estreita faixa do Centro-Oeste do Brasil. Acontece nas áreas mais elevadas e é caracterizado pelas temperaturas amenas durante o ano, com a possibilidade da ocorrência de geada durante o inverno.

  • Clima subtropical: presente nas áreas situadas abaixo do Trópico de Capricórnio (23º27’ S), compreendendo o Sul do Brasil e parte dos estados de São Paulo e Mato Grosso. Caracterizado pela distinção das quatro estações e chuvas bem distribuídas durante o ano. Apresenta verões quentes e invernos frios, registrando geadas e precipitação na forma de neve em algumas localidades.

Videoaula sobre os climas do Brasil


Climas do mundo

Os principais climas existentes no mundo são:
  • Clima equatorial: ocorre nas áreas próximas à linha do Equador, caracterizadas pelas baixas latitudes. Marcado pelo calor e pela elevada umidade do ar durante todo o ano, com chuvas abundantes e frequentes.

  • Clima tropical: típico da zona intertropical do planeta Terra. Apresenta temperaturas elevadas e alternância entre uma estação chuvosa e uma seca.

  • Clima tropical de monção: ocorre no Sul Asiático e em uma pequena parcela do Leste Africano. Apresenta temperaturas elevadas e alta umidade relativa do ar. Há a presença de duas estações bem definidas, regidas pelo sistema de ventos chamado de monções. No verão, os ventos quentes e úmidos sopram do oceano em direção ao continente, trazendo chuvas volumosas e intensas. No inverno, os ventos quentes sopram do continente em direção ao oceano, caracterizando a estação seca.

  • Clima semiárido: pode ser tanto quente quanto frio. As principais características dos climas semiáridos são a baixa umidade relativa do ar e a pluviosidade, que varia entre 250 e 500 mm anuais.

  • Clima desértico (árido): ocorre nas regiões de baixa e alta latitude. É marcado pelas temperaturas extremas e alta amplitude térmica diária, no caso dos desertos quentes. A umidade relativa do ar nos climas desérticos é baixíssima, e as chuvas não superam os 250 mm ao ano.

  • Clima subtropical: presente nas regiões imediatamente acima e abaixo dos trópicos, embora seja mais presente no Hemisfério Sul. É caracterizado pela ocorrência das quatro estações do ano, com verões quentes e invernos frios. A precipitação é bem distribuída durante o ano.

  • Clima mediterrâneo: presente nos países banhados pelo mar Mediterrâneo e em outros pontos, como no sul da África do Sul, na costa oeste dos Estados Unidos e da América do Sul e em parte da Oceania. Marcado por verões amenos e secos e invernos frios e chuvosos.

  • Clima temperado: presente na zona temperada do planeta, em especial no Hemisfério Norte. Apresenta amplitude térmica que varia de média a elevada. Divide-se em temperado continental, vertente mais fria e com maior amplitude térmica, que ocorre no interior dos continentes, e temperado oceânico, que apresenta maior umidade e menor amplitude térmica anual.

  • Clima subártico ou subpolar: acontece nas proximidades dos círculos polares Ártico e Antártico. Trata-se de um clima frio com verões amenos e curtos em oposição a invernos longos e frios. A precipitação anual é inferior a 500 mm.

  • Clima frio de montanha: conhecido também como clima alpino, é característico de áreas de altitude muito elevada onde predominam terrenos montanhosos. Em função da altitude, o clima é bastante frio. Os ventos são intensos e a precipitação anual é variável, a depender do local de ocorrência. Nas áreas de maior altitude, há a formação de uma cobertura permanente de neve, como no topo das montanhas.

  • Clima polar: ocorre nas regiões acima dos círculos polares Ártico e Antártico, nas áreas de maior latitude do planeta Terra. Trata-se de um clima com frio intenso em que os verões são muito curtos e frescos e os invernos são longos e rigorosos. A umidade do ar e a precipitação anual são baixas, com a presença permanente de gelo no solo.

Elementos climáticos

Mão tenta segurar água da chuva
A precipitação, seja ela na forma de neve, granizo ou chuva, é um elemento climático.
Os elementos do clima são todas as grandezas atmosféricas mensuráveis que, em conjunto, caracterizam um determinado tipo de clima. Existem diversos elementos que determinam um clima, dentre os quais se destacam:
  • Temperatura: calor da atmosfera, medido mais comumente em graus Celsius (°C), Fahrenheit (°F) e, em menor escala, em Kelvin (K).

  • Radiação solar: energia emitida pelo Sol e interceptada pela atmosfera terrestre. Distribui-se de forma desigual pelo planeta Terra, condicionando a formação de zonas térmicas.

  • Pressão atmosférica: peso que a coluna de ar exerce sobre uma determinada localidade. Quanto maior a altitude, menor é a pressão atmosférica e mais rarefeito se torna o ar.

  • Umidade do ar: vapor d’água presente na atmosfera.

  • Precipitação: água atmosférica que retorna para a superfície terrestre na sua forma líquida (chuva) ou sólida (neve ou granizo).

  • Ventos: deslocamento de camadas de ar em decorrência de alterações na pressão atmosférica.

Fatores climáticos

Os fatores do clima são elementos capazes de determinar ou alterar o comportamento dos elementos climáticos.
  • Latitude: a radiação solar incide de forma irregular sobre o planeta Terra, formando diferentes zonas térmicas, que são delimitadas por meio dos paralelos notáveis. Assim, a latitude de uma determinada região interfere diretamente no calor que ela recebe e, por conseguinte, nas temperaturas do clima. Os climas mais quentes se localizam nas áreas mais próximas do Equador, enquanto os polos abrigam as regiões de clima mais frio.

  • Altitude: a elevação de uma área com relação ao nível do mar pode alterar aspectos como a pressão atmosférica e a temperatura, condicionando particularidades ao clima. É importante notar que a influência da altitude sobre os elementos do clima sobrepõe a influência da latitude. Por exemplo: mesmo próximo do Equador, as cidades situadas no norte da América Andina apresentam climas mais frios em razão de sua elevada altitude.

  • Maritimidade e continentalidade: maior proximidade (maritimidade) ou o afastamento (continentalidade) dos mares e oceanos é capaz de afetar a umidade do ar e a temperatura de uma determinada localidade.

  • Relevo: as formas de relevo afetam a maneira como o ar circula em uma determinada região, o que determina diferentes padrões de distribuição de umidade e a ocorrência de chuvas e ventos.

  • Massas de ar: as grandes porções de ar que se movimentam pelo planeta carregam as características das áreas onde se formam, ocasionando variações na temperatura e na umidade dos locais por onde passam.

  • Correntes marítimas: as águas que se deslocam pelos oceanos são responsáveis por alterações na temperatura e no teor de umidade das áreas costeiras.

  • Vegetação: a presença ou ausência de cobertura vegetal influencia diretamente no teor de umidade de uma região, uma vez que as plantas são responsáveis pela evapotranspiração, o que afeta também as temperaturas.

Confira no nosso podcast: O que eu preciso saber sobre os fatores climáticos

Fenômenos climáticos

Os fenômenos climáticos apresentam ocorrência natural e são resultantes das dinâmicas da atmosfera. Alguns deles têm a sua ação intensificada em decorrência da ação antrópica, conforme veremos a seguir.

Formação de furação no mar e perto da costa
O furacão é um dos fenômenos climáticos mais comuns de acontecerem em áreas como a América Central, América do Norte e Ásia.
  • Ciclones: formados em áreas de baixa pressão onde há grande instabilidade atmosférica decorrente do movimento de convergência e ascensão do ar quente. São chamados também de tempestade tropical. Ciclone é uma denominação genérica para tufões e furacões, que se diferenciam apenas quanto ao local de origem.

  • Tornados: colunas de ar que giram em alta velocidade ao redor de uma área de baixa pressão atmosférica e têm origem nas grandes nuvens de tempestade.

  • Ilha de calor: acontece quando há a formação de uma área de maior temperatura nas cidades, tornando-as mais quentes do que as áreas circundantes.

  • El Niño e La Niña: fenômenos climáticos associados ao aquecimento (El Niño) ou resfriamento (La Niña) anormal das águas do oceano Pacífico devido à mudança no nível da termoclina, que aprofunda a camada de águas mais frias ou provoca a sua ressurgência.

Exercícios resolvidos sobre o clima

Questão 1

(Uerj) Com base na análise dos mapas, os fatores climáticos de maior relevância para explicar a amplitude térmica anual neste país são:

Mapas mostram variações de temperatura na Rússia.

a) albedo e vegetação. b) altitude e maritimidade. c) topografia e precipitação. d) latitude e continentalidade.

Resolução:

Alternativa D A latitude é um dos principais fatores que auxiliam na explicação da variação de temperaturas no território russo, tendo em vista que o país se distribui por áreas de média e alta latitude, onde há maior incidência de luz solar no verão e onde as temperaturas são mais altas. No inverno, o calor proveniente do Sol diminui consideravelmente, resultando em menores temperaturas. Além disso, observa-se maior variação nas áreas mais distantes do litoral e de corpos d’água, o que torna a continentalidade outro fator responsável por explicar a amplitude térmica.

Questão 2

(Uece) O clima da Terra é definido pela atuação do fluxo do ar e da água. Ambos interagem entre si e possuem dinâmica própria. Sobre os mecanismos de controle do clima, analise as afirmações abaixo. I. A principal fonte de energia para a movimentação das circulações atmosféricas e oceânicas é a radiação solar. II. Os grandes controles climáticos responsáveis pelas tipologias climáticas da Terra são temperatura, umidade e pressão. III. No Hemisfério Sul, as áreas ocupadas por continentes e oceanos possuem temperaturas mais amenas em relação ao Hemisfério Norte. Está correto o que se afirma em: a) I e III apenas. b) II e III apenas. c) I e II apenas. d) I, II e III.

Resolução:

Alternativa C Somente a afirmativa III é falsa. As grandes extensões oceânicas e as propriedades caloríficas da água condicionam climas mais quentes no Hemisfério Sul, pensando na região como um todo. Além disso, quando se analisa caso a caso, a atuação da continentalidade e da maritimidade, junto de outros fatores climáticos, é responsável pela ocorrência de uma grande variedade climática nessa porção do planeta Terra.

Perguntas frequentes

Quais são os tipos de clima?

  • Os tipos de clima são: tropical, árido, temperado, continental e polar.

Qual a diferença entre clima e tempo?

  • Tempo é a condição da atmosfera e seus respectivos fenômenos em um determinado momento. Clima é resultante de uma análise cuidadosa e periódica do tempo atmosférico em uma determinada localidade.

Quais são os elementos climáticos?

  • Os elementos climáticos são: temperatura, radiação solar, pressão atmosférica, umidade do ar, precipitação e ventos.

Notas

|1| AYOADE, J. O. Introdução à climatologia para os trópicos. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996. 4 ed. 332p. Tradução de Maria Juraci Zani dos Santos.

|2| CPTEC/INPE. Glossá;rio. Disponível .

Escritor do artigo
Escrito por : Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.
Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Clima: previsão do tempo hoje, tipos, fatores, fenômenos"; Brasil Escola. Disponível em: //pornytrex.com/o-que-e/geografia/o-que-e-clima.htm. Acesso em 29 de novembro de 2023.

De estudante para estudante


Videoaulas


PUBLICIDADE

Aulas Enem 2023


Aulão Pré-Enem 2023: 1º dia de prova

Aulão Pré-Enem 2023: 1º dia de prova

Animados para o 1º dia de provas do Enem 2023? Nosso time de professores vai te ajudar, com dicas especiais, a...
Aulão Pré-Enem 2023: 1º dia de prova

Aulão Pré-Enem 2023: 2º dia de prova

Ansiosos para o 2º dia de prova? Encarar matemática, física, química, biologia, não é mole não. Mas calma, vamos...
{jogo do flamengo ao vivo}| { } | {jogo do flamengo ao vivo}| { } | {jogo do flamengo ao vivo}| {jogo do flamengo ao vivo}| {jogo do flamengo ao vivo}| {jogo do flamengo ao vivo}| {jogo jogo do flamengo ao vivo}| {jogo do flamengo ao vivo}| { } | {jogo do flamengo ao vivo}| {jogo do flamengo ao vivo}|